Cidades

Protetores vão ao Aeroporto de Guarulhos protestar contra Gol pelo desaparecimento de Pandora

Defensores dos direitos dos animais organizaram um protesto no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, na noite deste sábado para protestar contra a empresa Gol, um mês após o desaparecimento da cachorra Pandora, em 15 de dezembro.  Munidos de cartazes com os dizeres “Gol, cadê a Pandora?”, os manifestantes circularam pelo terminal do aeroporto.

O garçom Reinaldo Junior mobilizou uma série de perfis nas redes sociais desde o desaparecimento da cadela, mas até agora ela não foi encontrada. Ele também passou a oferecer recompensas para quem encontrar pistas do paradeiro dela.

Em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo, Junior declarou que pretende ainda estender as buscas para o Rio de Janeiro. Ele acredita que Pandora possa ter caminhado até outro estado durante os últimos dias.
Com a ajuda do vereador de Guarulhos, Geléia Protetor, que ofereceu R$ 7 mil, Reinaldo passou para R$ 8 mil o valor da recompensa por pistas da cachorra. Exausto pela busca de um mês, ele disse que quer ir até o Rio de Janeiro atrás de Pandora, acreditando que ela pode ter seguido em direção à capital carioca pela rodovia Presidente Dutra.
VEJA TAMBÉM