Estadão

Ásia: bolsas seguem NY e fecham em alta, com otimismo gerado por aval para vacina

As bolsas asiáticas fecharam em alta nesta terça-feira, 24, seguindo o desempenho positivo dos mercados de Nova York, que ontem foram impulsionados por esperanças de maior imunização contra covid-19 nos EUA após a aprovação integral da vacina da Pfizer e BioNTech pelo regulador de saúde do país.

O índice acionário japonês Nikkei subiu 0,87% em Tóquio hoje, a 27.732,10 pontos, enquanto o Hang Seng avançou 2,46% em Hong Kong, a 25.727,92 pontos, o sul-coreano Kospi se valorizou 1,56% em Seul, a 3.138,30 pontos, e o Taiex registrou ganho de 0,46% em Taiwan, a 16.818,73 pontos.

Na China continental, o Xangai Composto teve alta de 1,07%, a 3.514,47 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 0,77%, a 2.463,85 pontos, após indícios de que o último surto de coronavírus do país perdeu força.

Em Wall Street, as bolsas americanas fecharam em alta generalizada ontem, com recorde do Nasdaq, à medida que o humor melhorou após a FDA conceder autorização integral à vacina contra covid-19 produzida pela Pfizer com a BioNTech. A esperança é que o aval incentive a parcela mais relutante da população dos EUA a buscar a imunização contra a doença.

Há preocupações, no entanto, com o lento ritmo de vacinação na região asiática. Embora estejam em queda na Índia, Taiwan e Indonésia, os casos de infecção por covid-19 ganharam força no Japão, Coreia do Sul, Malásia, Filipinas e Vietnã.

Na Oceania, a bolsa australiana ficou levemente no azul hoje, apesar de fortes perdas de empresas que divulgaram balanços anuais. O S&P/ASX 200 subiu 0,17% em Sydney, a 7.503,00 pontos. (Com informações da Dow Jones Newswires e Associated Press).