Estadão

Tom Holland e Zendaya falam sobre relacionamento: Privacidade roubada

Tom Holland e Zendaya falaram sobre o relacionamento pela primeira vez na terça-feira, 17. Os atores comentaram sobre as fotos que um paparazzi capturou dos dois se beijando dentro de um carro em Los Angeles, em julho deste ano.

Em entrevista à <i>GQ</i>, Tom relembrou dos registros que repercutiram em sites como o <i>Just Jared</i> e o <i>Entertainment Tonight</i> com tristeza. Segundo ele, o casal se sentiu constrangido pela falta de privacidade.

"Uma das desvantagens de nossa fama é que a privacidade não está mais sob nosso controle. Um momento que você acha que é entre duas pessoas que se amam muito agora é um momento que é compartilhado com o mundo inteiro", lamentou.

O protagonista de Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa insistiu que a exposição do relacionamento não era algo que o casal desejava, mesmo com o apoio dos fãs. "Sempre fui muito inflexível em manter minha vida privada, porque de qualquer forma compartilho muito da minha vida com o mundo."

"Nós (ele e Zendaya) meio que nos sentimos roubados de nossa privacidade. Eu não acho que seja sobre não estar pronto para compartilhar que estamos juntos. É que não queríamos", reforçou.

O artista também destacou que não gostaria de discutir sobre sua relação com a colega de elenco sem a presença dela. "Você sabe, eu a respeito demais para dizer. Esta não é a minha história. É a nossa história. E falaremos sobre o que é quando estivermos prontos para conversar sobre isso."

Zendaya também contribuiu com a entrevista e deu sua própria perspectiva sobre o ocorrido. "Ver as fotos Foi muito estranho, confuso e invasivo. O sentimento que nós dois compartilhamos é que quando você realmente ama e se preocupa com alguém, alguns momentos ou coisas, você gostaria que fossem seus."

"Acho que amar alguém é uma coisa sagrada e especial. É algo que você deseja lidar, passar, experimentar e desfrutar apenas entre as duas pessoas que se amam", finalizou.