Estadão

Ucrânia faz primeira rotação de pessoal em Chernobyl em 3 semanas, diz AIEA

Diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Rafal Mariano Grossi afirmou que a Ucrânia informou à entidade que realizou neste domingo, 10, a primeira rotação de pessoal na usina nuclear de Chernobyl em três semanas e a segunda apenas desde o fim de fevereiro, quando forças russas tomaram controle do lugar.

A autoridade saudou a notícia em comunicado neste domingo, vendo-a como uma passo necessário e positivo para o pessoal que trabalho no local.

Segundo Grossi, a troca é importante para a segurança da operação, que ficou por cinco semanas sob controle de militares russos, até eles terem se retirado da área, em 31 de março.

A AIEA diz que, apesar disso, a situação na usina e na "zona de exclusão" em volta dela está "longe de ser normal".

Os funcionários tiveram de deixar o lugar de navio, por um rio local.