Economia

Venda no Dia das Crianças deve ter queda de 5% em São Paulo, diz ACSP

O comércio paulistano deve registrar queda de 5% nas vendas para o Dia das Crianças ante o desempenho da mesma data do ano passado, aponta a Associação Comercial de São Paulo (ACSP). A recente alta do dólar, que fechou a R$ 3,97 nesta quarta-feira, 30, vai reduzir a oferta de produtos importados para a data festiva, avalia a associação, em nota distribuída à imprensa.

Os economistas da ACSP acreditam que a redução da massa salarial e a queda real do crédito a pessoas físicas causarão a queda nas vendas. A projeção é feita com base em consulta ao banco de dados do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC). Por se tratar de uma grande data comercial mais próxima ao Natal, o Dia das Crianças será utilizado pelos varejistas como termômetro para a preparação das vendas de fim de ano.

A queda nas vendas no comércio paulistano já tem sido sentida desde o início de 2015. No acumulado do ano até agosto, o varejo da capital paulista apresenta recuo de 4,7%.