Início » Zverev arrasa Nishikori e encara surpresa espanhola nas quartas em Roland Garros
Estadão

Zverev arrasa Nishikori e encara surpresa espanhola nas quartas em Roland Garros

Com bastante tranquilidade, Alexander Zverev venceu neste domingo o seu quarto jogo em Roland Garros, Grand Slam disputado em Paris, e garantiu o seu lugar nas quartas de final. O alemão superou o japonês Kei Nishikori, experiente jogador de 31 anos e 49.º do ranking da ATP, por 3 sets a 0 – com parciais de 6/4, 6/1 e 6/1, após 1 hora e 54 minutos.

Aos 24 anos, Zverev faz a sua quarta participação em Roland Garros e chega pela terceira vez às quartas de final. Ele já repete as suas melhores campanhas em Paris, mas têm no currículo uma semifinal no Aberto da Austrália e um vice no US Open do ano passado. Durante a temporada de saibro, o alemão teve como principal resultado o título do Masters 1000 de Madri, na Espanha.

Já Nishikori, ex-número 4 do mundo, não conseguiu repetir seus melhores resultados em Paris. O japonês já havia alcançado as quartas de final em três oportunidades, a última delas em 2019. Ele conseguiu duas vitórias em cinco sets nas duas primeiras rodadas, mas já havia perdido para Zverev duas vezes este ano – nos Masters 1000 de Madri e de Roma, na Itália, durante a sua preparação para o Grand Slam francês.

Zverev agora enfrenta o espanhol Alejandro Davidovich Fokina, de 22 anos e 46.º do ranking. Os dois duelos anteriores foram vencidos pelo atual número 6 do mundo. Ele levou a melhor nas quadras duras do US Open e do ATP 250 de Colônia, na Alemanha, na última temporada.

SURPRESA – Depois de ter passado por duas batalhas de cinco sets na segunda e na terceira rodada de Roland Garros, Fokina venceu mais uma no saibro parisiense e chega pela primeira vez às quartas de final de um Grand Slam. Neste domingo, superou o argentino Federico Delbonis, 51.º colocado, por 3 sets a 1 – parciais de 6/4, 6/4, 4/6 e 6/4.

Antes da ótima campanha em Paris, Davidovich Fokina tinha apenas cinco vitórias em chaves principais de Grand Slam na carreira e seu melhor resultado havia sido no US Open do ano passado, onde chegou às oitavas. O espanhol, que ainda persegue seu primeiro título de ATP e fez aniversário no último sábado, vinha de bons resultados no saibro como as quartas no Masters 1000 de Montecarlo, semi no ATP 250 do Estoril, em Portugal, e oitavas em Roma.