Estadão

Arthur do Val retira pré-candidatura ao governo de SP após áudios machistas

O deputado estadual Arthur do Val (Podemos-SP) decidiu retirar sua pré-candidatura ao governo de São Paulo após a divulgação de áudios em que diz que mulheres ucranianas são "fáceis porque são pobres". "Não tenho compromisso com o erro. Por isso, entrei em contato com a presidente do Podemos, Renata Abreu, para retirar minha pré-candidatura ao governo de São Paulo", escreveu em nota publicada no Instagram.

Do Val disse ainda que tomou essa decisão na tentativa de preservar o que chamou de "construção de uma terceira via". "O projeto não merece que minhas lamentáveis falas sejam utilizadas para atacá-lo", completou.

A preocupação no Podemos é sobre como a polêmica envolvendo um membro do Movimento Brasil Livre (MBL) pode recair sobre a pré-candidatura do ex-juiz Sérgio Moro, a quem o grupo se aliou.

Mais cedo, o deputado publicou um vídeo em que diz que suas falas foram "escrotas" e "machistas". "Eu estou sendo moleque. Essa não é a postura que as pessoas esperam de mim", disse em vídeo intitulado "pedido de desculpas" publicado neste sábado, 5, no Youtube.