Estadão

Atlético-MG vira nos acréscimos sobre o Juventude e assume a ponta do Brasileirão

O Atlético-MG venceu neste domingo o Juventude por 2 a 1, de virada, em Caxias do Sul (RS), pela 15.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Quase que a equipe de Belo Horizonte ficou no empate, resultado que seria bastante amargo pela grande oportunidade de assumir a liderança. Mas graças ao gol salvador do zagueiro Nathan Silva, nos acréscimos, o time mineiro atingiu o grande objetivo de chegar à ponta da tabela de classificação, ultrapassando o Palmeiras, que deu a brecha ao perder para o Fortaleza no sábado.

Com 34 pontos, o Atlético-MG está no auge da temporada, com oito vitórias seguidas no Brasileirão, e embalado para jogar as quartas de final da Copa Libertadores contra o River Plate, na próxima quarta-feira.

Contra o Juventude, o primeiro tempo foi de marcha lenta, o que custou para a equipe do técnico Cuca no restante da partida. Correr atrás do prejuízo depois de uma etapa inicial fraca, que terminou com o gol de Paulinho Boia aos 45 minutos, não foi fácil, mas, no final, os visitantes sairiam pingando de suor, mas sorrindo pela recuperação na partida.

No segundo tempo, o Atlético-MG entrou com mais afinco no jogo depois das substituições de Cuca: entraram Savarino e Nathan, que deram mais agilidade do meio para frente. O domínio foi total do clube mineiro e a pressão contra o Juventude era grande. Os gaúchos aguentaram bastante com uma estratégia defensiva mais fechada e apostando no contra-ataque.

Aos 10 minutos, Nacho Fernández teve a chance de empatar em um cabeceio que foi para fora, mas passou muito perto do gol defendido pelo goleiro Marcelo Carné. Em ofensivas seguidas e com boas trocas de passes, era questão de tempo para o empate.

Aos 31 minutos, Hulk deixou mais uma vez o seu e assumiu a artilharia do Brasileirão com sete gols. Em tabela com Eduardo Sasha, o atacante ficou livre para finalizar e deixar tudo igual em Caxias do Sul.

O ataque atleticano bombardeava a área do Juventude e causava muito perigo para Carné. Quando o jogo se encaminhava para o final, Nathan Silva virou o placar do jogo nos acréscimos e deu a vitória para os visitantes em um bom cabeceio, sem chances para o goleiro do Juventude.

FICHA TÉCNICA

JUVENTUDE 1 x 2 ATLÉTICO-MG

JUVENTUDE – Marcelo Carné; Paulo Henrique, Didi, Rafael Forster e William Matheus; Dawhan(Ricardinho), Chico (Edwin Mosqueira), Matheus Jesus; Paulinho Boia (Roberson), Capixaba (Alyson) e Marcos Vinicios. Técnico: Marquinhos Santos.

ATLÉTICO-MG – Everson; Guga, Nathan Silva, Igor Rabello e Dodô (Calebe); Allan (Jair), Tchê Tchê (Nathan) e Nacho Fernandez; Borrero (Eduardo Sasha), Hulk e Hyoran (Savarino). Técnico: Cuca.

GOLS – Paulinho Boia, aos 45 minutos do primeiro tempo; Hulk, aos 31, e Nathan Silva, aos 46 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Rafael Forster (Juventude); Allan, Jair e Borrero (Atlético-MG).

ÁRBITRO – André Luiz de Freitas Castro (GO).

RENDA E PÚBLICO – Jogo com portões fechados.

LOCAL – Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).