Carro GWeb TV

AVALIAÇÃO – Com E-JS1, JAC aproxima os elétricos do consumidor

Ernesto Zanon – Do Carro Express / Edição: Danilo Sanches

Os carros elétricos estão entre nós. Podem ainda não estar com preços atrativos, mas já é possível afirmar que são coisas deste mundo. O Carro Express / GuarulhosWeb avaliou durante cinco dias o JAC E-JS1, o compacto urbano movido somente a energia elétrica mais barato no Brasil. Mas neste caso, o barato sai caro: é preciso desembolsar R$ 150 mil para leva-lo para casa, preço de muito SUV médio a combustão.


Se você for pensar pela vertente custo/benefício de curto prazo, pare por aqui. Nem adianta seguir para ver todas as vantagens que este modelo propicia, como a excelente autonomia superior a 300 quilômetros, suficiente até para rodar mais de uma semana sem a necessidade de recarga em trechos urbanos. Ou que para fazer esse percurso, você desembolsará menos de R$ 20,00 (cerca do que se gasta com 3 litros de gasolina comum por aí).
Se isso atrai, então pense que é uma realidade possível e muito interessante. Informações da JAC revelam que uma das principais vantagens do E-JS1 é seu peso. São somente 1.180 kg de peso em ordem de marcha. O motor de 150 Nm (15,3 kgfm) de torque entrega um desempenho empolgante para um modelo urbano. São 62 cv de potência e 110 km/h de velocidade máxima. E o melhor: ele é capaz de rodar 302 km, perfazendo um consumo médio de 9,6 kWh por 100 km.

Talvez um dos maiores problemas para se ter um elétrico hoje seja seu carregamento. Ele pode ser carregado numa tomada 220 volts da sua casa ou trabalho ou em postos públicos ou disponíveis em empreendimentos comerciais. Porém, precisa ter paciência. Uma carga complet garaga de uso doméstico pode levar mais de 24 horas. Ou em apenas uma hora em um equipamento profissional de carga rápida.
O nó surge na disponibilidade de tempo para parar e ficar esperando. Ou ainda em ter uma fonte de 220 volts disponível na garagem. Para quem reside em condomínios residenciais, precisará negociar a instalação de uma tomada na garagem, por exemplo, o que não parece ser tão simples. É de se esperar que novos empreendimentos comecem a pensar neste tal futuro que se apresenta tão presente.
Apesar de novo no Brasil, o design deste JAC nos remete a velhos conhecidos, como o J2 da própria marca que chegou aqui em meados da década passada e o VW up!. Sim. Ele é fruto de uma parceria entre a marca chinesa com a poderosa Volkswagen.
Com apenas 3,65 metros de comprimento e 1,67 m de largura, o E-JS1 é uma delícia no trânsito urbano. É ágil e rápido o bastante para você se sentir quase que “invisível” em meio ao tráfego. Tem extrema facilidade nas manobras, como em trocas de faixas e retomadas. Demonstra ser muito leve e facílimo de conduzir.
Por dentro, apesar de compacto, tem bom espaço para quem vai na frente e até leva duas pessoas no banco de trás sem grandes apertos. Como se trata de um carro urbano, o conceito é exatamente esse. Para o motorista, tudo à mão. O que chama a atenção de cara é a alavanca do câmbio que é acoplado ao volante (ali onde geralmente fica o comando do limpador do para-brisa) de uma forma bastante simples e prática. Para cima vai para frente, para baixo para trás. Quer algo mais intuitivo que isso? No meio, é o neutro.
Ele conta ainda com duas telas à serviço do motorista. A primeira, que é o quadro tradicional de instrumentos atrás do volante, compõe-se de uma tela de TFT de 6,2 polegadas, que concentra as informações de cruzeiro (velocidade, carga de bateria, consumo instantâneo, autonomia ). Como diferencial de acabamento, o JAC E-JS1 incorpora molduras em alto relevo de cores contrastantes, compondo um cenário visivelmente de bom gosto com as superfícies revestidas em couro (soft touch). Um console “aéreo” permite guardar pequenos objetivos, como um smartphone bem à mão, assim como funciona como descansa-braços. E o estofamento é de couro sintético.


Não há controles ou comandos aparentes no painel frontal. Tudo é acionado pela central multimídia (a segunda tela), oferecendo um conjunto prático, clean e de aparência futurista. Apenas à esquerda do volante concentram-se botões de necessidade mais imediata de uso, como desembaçadores e ajustes elétricos dos retrovisores externos.
O volante de direção é multifuncional: o motorista do modelo 100% elétrico praticamente não tira as mãos do volante para as operações mais usuais: comando das funções do rádio, tecla para atender o telefone celular, acionamento do cruise control (controlador de velocidade) e controles do computador de bordo são funções ao alcance das duas mãos.
Com tela multimídia de 10,25 polegadas centralizada no alto do painel de instrumentos, o E-JS1 incorpora todos os recursos de conectividade mais modernos do segmento, inclusive compatibilidade para AndroidAuto e Apple CarPlay. Incorpora câmera de ré, além de conexão Bluetooth, leitor de MP3 e entrada USB.

O que o E-JS1 oferece:
• Ar-condicionado Automático e Digital
• CruiseControl com comandos no volante
• Faróis com regulagem elétrica de altura do facho
• Faróis com “Follow Me Home”
• Faróis com DRL (LED diurno)
• Faróis de neblina (dianteira)
• Retrovisor internoantiofuscante
• Bancos revestidos em couro ecológico
• Duploair bag
• Portas com barras de proteção lateral
• Aviso de cinto não acoplado
• Freio ABS com EBD
• BAS -Brake Assist System (assistente para frenagens de pânico)
• AutoHold (assistente de partida em rampas)
• TPMS – TirePressure Monitoring System (sistema de monitoramento da pressão dos pneus)
• ESP e TCS – Controle Eletrônico de Tração e Estabilidade
• Sensor de estacionamento traseiro
• Câmera de ré
• Entrada USB sob o console central do painel
• Isofix
• iPedal (sistema de regeneração de carga da bateria nas desacelerações e frenagens.