Economia

Braskem incrementa segurança energética no polo da Bahia

O investimento realizado pela Braskem em aumento da segurança energética no polo de Camaçari (BA) já foi concluído, disse o presidente da empresa, Carlos Fadigas. Sem revelar detalhes a respeito do valor desembolsado, o executivo informou que a unidade passa a estar dotada de condições para “conviver” com eventuais “quedas momentâneas” da energia.

“Já tivemos problemas de apagão nos quais a central precisou de um mês para voltar a operar a plena. Hoje, nossa estimativa está em horas”, comparou Fadigas, após relembrar o histórico de apagões que já afetou a produção do polo em Camaçari nos últimos anos. “O investimento está na capacidade de manter os fornos operando e fazer com que a unidade passe por eventual restrição (de fornecimento de energia) sem perdas materiais”, complementou o executivo em teleconferência com analistas e investidores realizada nesta tarde.

O complexo petroquímico localizado no Rio de Janeiro também é considerado mais vulnerável à queda de energia, por isso a Braskem pretende equacionar riscos no local. “Mas lá ainda temos trabalho a fazer”, disse Fadigas.

Comentar

Clique aqui para comentar