Estadão

Camarões crava 1º lugar, mas gol de letra deixa Cabo Verde vivo na Copa Africana

A já classificada seleção de Camarões confirmou a liderança do Grupo A da Copa Africana das Nações, nesta segunda-feira, com empate por 1 a 1 diante de Cabo Verde, que ainda segue com chances graças a um gol de letra marcado por Garry Rodrigues. Burkina Faso também avançou às oitavas de final da competição.

Apesar de já estar classificado, Camarões foi com força máxima, dominou boa parte da partida e abriu o placar aos 39 minutos com Vincent Aboubakar. Ele recebeu de Nicolas Ngamaleu e mandou para o fundo das redes, marcando o seu quinto gol na competição.

Cabo Verde não se entregou e deixou tudo igual no início da etapa final. Aos oito minutos, Kenny Rocha Santos avançou pela direita e tocou para Garry Rodrigues empatar com um belo toque de letra.

O bonito gol do atleta do Olympiakos faz com que Cabo Verde continue com chances de avançar às oitavas como um dos quatro melhores terceiros colocados, com quatro pontos. Burkina Faso, também com quatro, avançou em segundo e Camarões fechou na liderança, com sete.

Diferente de Camarões, Burkina Faso não teve vida fácil para confirmar sua vaga nas oitavas de final, que veio após um empate por 1 a 1 com a Etiópia. Bayala abriu o placar, mas Kebede, de pênalti, deixou tudo igual.

Nesta terça-feira, mais quatro jogos darão continuidade a terceira e última rodada da Fase de Grupos da Copa Africana, destaque para o confronto entre Marrocos e Gabão, líder e vice-líder do Grupo C.