Estadão

Casa Branca diz esperar que inflação nos EUA diminua neste ano e no próximo

A presidente do Conselho de Assessores Econômicos da Casa Branca, Cecilia Rouse, afirmou nesta segunda-feira, 28, que a administração espera que a inflação diminua neste ano e no próximo nos Estados Unidos. Por sua vez, em coletiva de imprensa, a economista apontou riscos para o panorama, incluindo novos problemas nas cadeias de fornecimento, o que poderia ser uma das consequências dos lockdowns na China para tentar conter a covid-19.

Além disso, Rouse apontou que a invasão da Ucrânia pela Rússia tende a colocar mais pressão na questão inflacionária, e que o conflito já está sendo repercutido nos preços da gasolina.

Segundo ela, a administração está conversando com parceiros sobre as opções para tentar lidar com a alta nos combustíveis.

De acordo com a conselheira, o orçamento apresentado hoje pelo presidente Joe Biden para 2023 é "fiscalmente responsável" e leva em conta a força da economia americana no momento.

Segundo ela, o plano prevê aumento de receitas além da redução do déficit no país.