Início » Com VAR decisivo, Ituano derrota a Ponte Preta por 2 a 1 nos acréscimos
Estadão

Com VAR decisivo, Ituano derrota a Ponte Preta por 2 a 1 nos acréscimos

Com uma arbitragem bastante polêmica de Thiago Duarte Peixoto, a Ponte Preta conheceu a terceira derrota seguida no Campeonato Paulista, neste domingo, ao perder para o Ituano por 2 a 1, no estádio Novelli Júnior, em Itu (SP), pela 10.ª rodada.

Ainda ameaçada pelo rebaixamento, a Ponte Preta perdeu a chance de dormir na vice-liderança do Grupo B e estacionou na terceira colocação, com 10 pontos. Já o Ituano chegou à segunda vitória seguida e, apesar de ser o lanterna do Grupo C, praticamente assegurou a permanência na elite ao chegar aos 13 pontos.

A partida começou eletrizante. Logo no primeiro minuto, Mateus Silva aproveitou rebote do goleiro Ygor Vinhas e abriu o placar para o Ituano. O empate da Ponte Preta saiu aos 10, com Apodi recebendo passe de Paulo Sérgio e batendo cruzado.

Como era esperado, os times não conseguiram manter o ritmo na sequência do primeiro tempo. A situação da Ponte Preta ficou mais complicada quando Yuri foi expulso após deixar o pé em Branquinho. Com um a mais, o Ituano fez Ygor Vinhas trabalhar em chutes de Fernando Medeiros e Breno Lopes.

O segundo tempo foi ataque contra defesa. Apesar de ter muito mais posse de bola, o Ituano não conseguia encontrar espaços na defesa da Ponte Preta. Foi então que o VAR mais uma vez roubou a cena. No último lance, com a ajuda do árbitro de vídeo, Thiago Duarte Peixoto assinalou pênalti para o Ituano. Fernandinho deslocou Ygor Vinhas e deu números finais à partida.

O Ituano volta a campo nesta quinta-feira contra a Ferroviária, às 22h15, na Arena da Fonte Luminosa, em Araraquara (SP), pela 10.ª rodada. Na quarta, a Ponte Preta faz o dérbi de Campinas (SP) contra o Guarani, às 21 horas, no estádio Moisés Lucarelli, pela sexta rodada.

FICHA TÉCNICA

ITUANO 2 x 1 PONTE PRETA

ITUANO – Pegorari; Pacheco, Mateus Silva, Matheus Mancini e Breno Lopes (Mário Sérgio); Tárik, Fillipe Soutto e Fernando Medeiros (Roni); Branquinho (Gabriel Taliari), Kadu Barone (Fernandinho) e Victor Rangel. Técnico: Guilherme Bellangero (auxiliar).

PONTE PRETA – Ygor Vinhas; Felipe, Luizão, Ruan Renato e Yuri; Dawhan, Locatelli (Renatinho) e Camilo (Bruno Michel); Apodi (Pedrinho), Niltinho (Léo Naldi) e Paulo Sérgio (Rayan). Técnico: Fábio Moreno.

GOLS – Mateus Silva, a 1, e Apodi, aos 10 minutos do primeiro tempo; Fernandinho (pênalti), aos 53 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Tárik (Ituano); Niltinho e Pedrinho (Ponte Preta).

CARTÃO VERMELHO – Yuri (Ponte Preta).

ÁRBITRO – Thiago Duarte Peixoto.

RENDA E PÚBLICO – Jogo com portões fechados.

LOCAL – Estádio Novelli Júnior, em Itu (SP).

Comentar

Clique aqui para comentar