Economia

Conab prevê safra de grãos de até 201,6 mi de toneladas

A produção de grãos na safra 2014/2015 deve alcançar entre 194 milhões e 201,6 milhões de toneladas, com uma variação de menos 0,7% a um aumento de 3,2% em comparação com o período anterior.

O resultado representa um intervalo de menos 1,46 milhão a um aumento de 6,17 milhões de toneladas ante as 195,4 milhões de toneladas da safra 2013/14. Os números são do primeiro levantamento sobre a intenção de plantio de grãos, da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), divulgado nesta quinta-feira, 9.

Conforme a Conab, o resultado se deve à cultura da soja, que deve apresentar crescimento na produção, mesmo considerando o quadro internacional de superoferta de grãos, que reduz a expectativa de preços. O crescimento da oleaginosa deve variar de 3,2% a 7,3%, ou o equivalente a 2,71 milhões a 6,28 milhões de toneladas.

Os técnicos da Conab ponderam que, neste primeiro levantamento, as lavouras ainda estão em fase inicial de plantio. “Poderão ocorrer alterações na produtividade ao longo da evolução das culturas, em virtude de efeitos das condições climáticas e fitossanitárias”, dizem.

A estimativa para a área de plantio deve variar entre 56,23 milhões e 58,34 milhões de hectares, com um intervalo de menos 1,2% a um aumento de 2,5% em relação à safra 2013/14, que totalizou 56,94 milhões de hectares. “A variação se deve também à soja, que pode crescer de 1,4% a 5,5%, o que equivale a 426,8 mil e 1,664 milhão de hectares”, informa a estatal.

A Conab fez a pesquisa de campo do dia 21 a 27 de setembro. O ministro da Agricultura, Neri Geller, e o presidente da Conab, Rubens Rodrigues dos Santos, vão detalhar nesta manhã os resultados na sede da Companhia, em Brasília.