Saúde

Confira os estabelecimentos que vão exigir comprovante de vacina a partir de setembro em Guarulhos

A partir da próxima quarta-feira (1º) passa a ser obrigatório em Guarulhos, para alguns tipos de estabelecimentos comerciais, o chamado passaporte sanitário. Os clientes acima de 18 anos devem apresentar uma comprovação de que tomaram a primeira dose da vacina contra covid-19. A determinação foi publicada no Diário Oficial no último dia 19, por meio do decreto 38.287/2021.

Os comprovantes de vacinação exigidos podem ser o cartão vacinal, fotos do cartão ou o comprovante de vacinação digital, que pode ser acessado no aplicativo Poupatempo Digital, disponível para smartphones. É possível baixar e realizar a impressão da carteira digital.

Restaurantes, bares, cafés, lanchonetes, academias, museus, cinemas, teatros e shows com público sentado são as atividades que integram a lista do passaporte sanitário.

Além disso, os estabelecimentos já podem abrir sem restrição de horários e com capacidade de 100%, desde que respeitem regras como distanciamento social de 1,5 metro entre os clientes, utilização de máscara, disponibilização de álcool em gel e aferição da temperatura na entrada.

4 Comentários

Clique aqui para comentar

  • Mais um autoritarismo sendo implantado disfarçado de “segurança sanitária”. Mas deixo algumas perguntas:
    No ônibus, antes de subir aferem sua temperatura?
    No ônibus, será pedido a apresentação do cartão vacinação?
    No ônibus, será garantido a você, cidadão o distanciamento social a fim de evitar o contágio?
    Qual o estudo que comprava que, apresentando um cartão de vacinação COM APENAS A PRIMEIRA DOSE vai lhe garantir alguma segurança contra o contágio?

    Mas uma vez o pobre comerciante, que já esta pobre demais pra não dizer outra coisa vai pagar a conta por causa dessa “ciência” de rede social politizada.
    Peguem o nariz de palhaço pois o circo já esta armado.

  • É o fim do mundo,aonde vamos parar.Estabelecer um decreto arbitrário como esse é falar que é pro bem da população,pro bem do comércio.Ele vai é acabar com o comércio pq uma família que for no estabelecimento e se 1 não tiver vacinado eles não entrarão e todos vão embora,fora o trabalho de verificar todos ao entrar.Oq esses políticos esquecem é que as pessoas tem o livre árbitro,e querem de forma arbitrária impor a vontade deles na população.

  • Acredito que Isso seja um desrespeito ao ser humano, uma vez que estão tratando-os como gados.
    Se a vacina realmente funciona e é eficiente, por que impedir as pessoas, que não tomaram vacina, de entrarem em vários tipos de comércios como em restaurante?
    Se a vacina realmente funciona e é eficiente, por que exigir que respeitem regras como distanciamento social de 1,5 metro entre os clientes, utilização de máscara, disponibilização de álcool em gel e aferição da temperatura na entrada?
    Isso aconteceu na Itália e agora aqui em guarulhos, é lamentável!
    https://www.youtube.com/watch?v=BmdLCqn63DY