Início » Doria volta atrás e suspende aumento do ICMS para alimentos e genéricos
Economia

Doria volta atrás e suspende aumento do ICMS para alimentos e genéricos

Outros itens, como máquinas e equipamentos, carros usados e produtos da construção civil continuam na lista

Na noite desta quarta-feira, 6/1, o governador João Doria determinou a suspensão das mudanças no ICMS para alimentos e medicamentos genéricos. O reajuste, previsto para 15/1, deixaria mais caros, produtos alimentícios nas prateleiras de supermercados, insumos hospitalares, entre outros.

O decreto, publicado em outubro, segundo o Estado, tem como objetivo equilibrar os cofres públicos, que estariam impactados diante das ações na quarentena. Em justificativa à desistência, Doria alega que os indicadores apontam para novo aumento e uma segunda onda da doença, com crescimento de 41,3% nas internações e de 70%.

“A redução de benefícios do ICMS poderia causar aumento no preço de diversos alimentos e medicamentos genéricos, principalmente para a população de baixa renda. Decidimos, assim, suspender a vigência dos decretos estaduais que autorizam redução de benefícios fiscais do ICMS para insumos agropecuários para a produção de alimentos e medicamentos genéricos”, disse Doria.

Outros itens, como máquinas e equipamentos, carros usados e produtos da construção civil continuam na lista. Nesta quarta-feira, 6, o GuarulhosWeb ouviu uma especialista do assunto, que enfatizou que a medida vai atingir o bolso do consumidor.