Cidades

Estudo da CET deve estender rodízio em mais 371 km de vias

Restrição atingiria ruas e avenidas em 35 eixos viários, como a Radial e a Jacu Pêssego.

A Secretaria Municipal de Transportes divulgou na manhã desta quinta-feira (9) um estudo feito pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) para aumentar o rodízio de veículos na capital paulista para vias fora dos atuais 150 km quadrados do Centro Expandido.

Segundo o estudo, o rodízio deve ser implantado em 371 km de avenidas e ruas em 35 eixos viários. De acordo com a CET, o novo modelo de rodízio permite a circulação entre os bairros, já que é possível transpor ou cruzar as vias restritas.

Implementado em 1997, o rodízio impõe restrição à circulação de automóveis entre as 7h e as 10h e das 17h às 20h na área denominada minianel viário, o Centro Expandido.

Na Zona Leste, pelo estudo da CET, o rodízio atingiria a Radial Leste e a Avenida Jacu-Pêssego. Na Zona Norte, as avenidas Brás Leme e Inajar de Souza estariam na nova lista.

A medida chegaria, ainda, às avenidas Jornalista Roberto Marinho e Giovanni Gronchi, na Zona Sul.

Outro modelo proposto de aumentar de um para dois dias da semana o rodízio conforme o final da placa foi descartado pela CET. Ou seja, continuará em vigor o rodízio no modelo atual, sem alteração dos dias da semana em que o final das placas são proibidos.