Estadão

Possibilidade de a Rússia usar armas químicas na Ucrânia é ameaça real, diz Biden

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse nesta quarta-feira que a possibilidade de a Rússia usar armas químicas durante a guerra na Ucrânia é uma "ameaça real". Ele fez o comentário a repórteres, ao deixar a Casa Branca para iniciar uma viagem de quatro dias à Europa, onde discutirá a invasão da Ucrânia por forças russas.

Biden disse que falará mais sobre o assunto durante encontros que terá com lideres na quinta-feira, 24.

Há temores de que a Rússia possa usar armas químicas ou nucleares, à medida que a invasão perde força em meio a problemas logísticos e forte resistência ucraniana.

A primeira parada de Biden será em Bruxelas, onde ele participará de uma reunião de emergência convocada pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). Biden também terá encontros com líderes da União Europeia (UE) e do G7.

Na sexta-feira, 25, Biden seguirá para Varsóvia, capital da Polônia.