Início » Que o processo de impeachment lave toda a sujeira
Espaço ACE-GUARULHOS

Que o processo de impeachment lave toda a sujeira

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), decidiu aceitar a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). É claro que os motivos que fizeram Cunha demorar tanto tempo para “analisar” o pedido feito por juristas renomados – um deles, inclusive, fundador do PT – e somente agora aceitar a abertura do processo não são nada ortodoxos.
 
É nítida a queda de braço entre Dilma e Cunha, que também enfrenta processo contra seu mandato no Conselho de Ética da Câmara. E, como o acordão entre eles está cada vez mais difícil de acontecer, o deputado decidiu colocar de vez a presidente na berlinda.
 
No entanto, mais importante do que isso, é a investigação em si. Eu, como cidadão que paga seus impostos e como representante da classe empresarial da segunda maior cidade do Estado de São Paulo, sou A FAVOR do impeachment. Pode-se discutir tudo: os motivos de Cunha para abrir o processo; o eventual substituto de Dilma; ou o impacto de uma mudança no Planalto para a imagem do País no Exterior. A única coisa que não se discute é que vivemos dias sombrios, de descalabro político e administrativo, pedaladas que levaram a economia para o buraco e de necessidade iminente de investigação e punição dos responsáveis.
 
Outro dia me perguntaram qual era o pior índice da economia. Respondi que era o da confiança no atual governo. A presidente Dilma já provou que não sabe governar. Que eleva juros sem necessidade, já que não há demanda; que assina documentos sem ler (como na compra de refinarias fora do Brasil); que arruma aliados pouco ou nada alinhados com o que pensa seu partido etc.
 
Enfim, acredito que o processo de impeachment vai ajudar o Brasil a dar continuidade ao processo de limpeza ética que Brasília precisa. Nunca antes na história desse País (parafraseando um ex-presidente) tantos corruptos de colarinho branco foram presos. Mas ainda há muito a ser feito. Começando pela cadeira da Presidência.
 
Jorge Taiar
Presidente da Associação Comercial e Empresarial de Guarulhos
 

Comentar

Clique aqui para comentar