Estadão

Reservas internacionais chinesas caem US$ 7,8 bi em fevereiro, a US$ 3,214 tri

As reservas internacionais da China diminuíram em fevereiro em meio ao fortalecimento do dólar e uma queda nos preços de ativos globais, segundo dados publicados nesta segunda-feira pelo PBoC, como é conhecido o banco central chinês.

No fim de fevereiro, as reservas da segunda maior economia do mundo totalizavam US$ 3,214 trilhões, representando baixa de US$ 7,8 bilhões em relação a janeiro.

O resultado do mês passado veio praticamente em linha com as expectativas de analistas consultados pelo <i>The Wall Street Journal</i>, que estimavam o montante de reservas em US$ 3,216 trilhões.