Estadão

UE afirma já estar preparando novas sanções contra Rússia, e também Belarus

O vice-presidente da Comissão Europeia, Valdis Dombrovskis disse nesta sexta-feira, 25, que novas sanções já estão sendo preparadas contra a Rússia e Belarus. Segundo ele, a lista final das sanções adotadas por líderes da região na noite de quinta-feira será publicada nas próximas horas.

Em coletiva à imprensa, após reunião do Eurogrupo, a autoridade condenou o que chamou de "invasão bárbara" da Rússia. Dombrovskis reforçou que as sanções têm como alvo 70% do mercado bancário russo. Ele pontuou que as medidas também devem afetar a economia na zona do euro, mas que a união do bloco deve apoiar suas economias e cidadãos nesse momento "de grande desafio".

"O Eurogrupo e a zona do euro estão unidos através de nossas instituições, à medida de respondemos a essa grande tarefa". Semelhante ao que fez o presidente Joe Biden na quinta-feira, Dombrovskis disse que a Rússia está se tornando um "Estado pária" e reiterou o apoio à Ucrânia.

Já o presidente do do Eurogrupo, Paschal Donohoe, avaliou que a zona do euro adotou medidas "decisivas" para responsabilizar a Rússia por suas ações recentes. Ele afirmou ainda que as instituições europeias têm a missão de operacionalizar as sanções impostas, uma vez que haverá custos para a própria região.

O ministro da Economia francesa, Bruno Le Maire garantiu que as novas sanções devem penalizar ainda mais Moscou.