Início » Bruxismo, o mal da vida moderna
Palanque

Bruxismo, o mal da vida moderna

Grande parte dos problemas odontológicos tem como causas a má formação e a falta de higiene

Entretanto, há ainda um complicador, que tem como raiz o estresse. Trata-se do bruxismo. O mal da vida moderna vem atingindo cada vez mais pessoas de todas as idades e consiste em ranger os dentes durante o sono e apertá-los durante o dia.


 


Como é um problema progressivo, o paciente só percebe se tem a doença se prestar atenção na tensão muscular na mandíbula, se outra pessoa escutar o rangido durante a noite ou ainda após notar os desgastes nos dentes. O portador de bruxismo também pode sofrer com dores nos músculos da mastigação, estalos nas articulações, dores de cabeça etc.


 


A odontologia é a indicada para diagnosticar e amenizar os efeitos do bruxismo com a utilização de placas de acrílico, acetato ou silicone – as chamadas placas interoclusais – servindo como um “capacete” que protege os dentes.


 


Mas é importante ressaltar que o tratamento completo necessita da atuação conjunta em várias áreas, que incluem a participação de fonoaudiólogos e psicólogos. Para que esse trabalho em grupo ocorra, é necessário diagnosticar as causas do bruxismo. Geralmente, o estresse apenas intensifica o quadro, contudo não é a única causa. Isso porque a doença acontece em pacientes com má formação da arcada dentária ou dentes tortos. Deste modo, também podem ser usados aparelhos ortodônticos no tratamento.


 


Contudo, ressalta-se que não se deve abrir mão da questão psicológica, devendo o estresse ser tratado seja com especialistas seja com a prática de atividades esportivas e relaxamento. Em todo caso, procure um dentista e comece a se livrar deste mal.


 


Jorge Iarossi é cirurgião dentista e diretor da Iarossi Saúde Odontológica e da Odontologia Personnalité, ambas em Guarulhos, na Grande São Paulo.