Início » Por Bolsonaro, Sérgio Reis quer usar caminhoneiros e parar o país no início de setembro
Política

Por Bolsonaro, Sérgio Reis quer usar caminhoneiros e parar o país no início de setembro

O cantor Sérgio Reis, uma das vozes mais importantes do sertanejo brasileiro, reuniu lideranças políticas, empresariais e de caminhoneiros, em São Paulo, neste sábado, para divulgar um grande ato em defesa do presidente Jair Bolsonaro. Em redes sociais, ele informou que o grupo está organizando uma manifestação no dia 7 de setembro em favor do presidente Jair Bolsonaro com os caminhoneiros e agricultores em Brasília. “Vocês que estão afim de salvar o Brasil, vamos com a gente para Brasília”, convidou o cantor.

Segundo Sérgio, o objetivo do ato é “para fazer uma coisa séria, para que o governo tome uma posição, o Exército tome uma posição, mas se o povo não tomar essa posição, nada vai.”

O cantor ainda disse que o movimento terá a presença de diversos artistas e empresários. “Estamos fazendo um movimento clássico, sem agressões, sem nada.  Vocês vão se assustar com o movimento, mas a gente é da paz. Não aceito mais a situação que está o nosso País”, afirmou.

Apesar de convocar o movimento para 7 de setembro, em vídeo ele afirma que irá parar Brasília e outras capitais do país a partir do dia 4, para não estragar as comemorações da Independência, que serão lideradas por Bolsonaro. Em outras postagens, o grupo de Sérgio Reis diz que os caminhoneiros não deixarão ninguém passar por estadas e importantes vias de grandes cidades, como a avenida Paulista, em São Paulo, enquanto os ministros do Supremo Tribunal Federal não forem afastados de seus cargos. Na opinião do cantor, eles estão atrapalhando o Brasil, com decisões que impedem a governabilidade.