Estadão

EUA e aliados têm ignorado principais demandas de segurança da Rússia, diz Putin

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse nesta terça-feira que os Estados Unidos e seus aliados têm ignorado as principais demandas russas de segurança. Em seus primeiros comentários sobre a situação da Ucrânia e o Ocidente em mais de um mês, Putin afirmou que sua administração ainda está estudando as respostas dadas pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) na semana passada.

Na avaliação do líder russo, porém, está claro que o Ocidente "tem ignorado" as demandas russas sobre a Otan não expandir seu domínio sobre a Ucrânia e outras nações que integravam a União Soviética, abster-se de implantar armas próximo ao território russo e recuar nos planos de implementar a Otan na Europa Oriental.

Putin disse que a recusa pelos EUA e seus aliados em atender às demandas feitas viola as obrigações de integridade da segurança estabelecidas na Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE).

Ele argumentou que, embora os aliados ocidentais enfatizem a liberdade de cada país escolher alianças, eles negligenciam o princípio da "indivisibilidade da segurança" consagrado nos documentos da OSCE. Isso envolve o princípio de que a segurança de uma nação não deve ser reforçada à custa de outras.