Estadão

FMI diz que autoridades da Ucrânia solicitaram financiamento emergencial

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, afirmou nesta sexta, 25, que as autoridades da Ucrânia solicitaram financiamento emergencial ao organismo.

Em comunicado, a dirigente apontou que além da assessoria política contínua, o FMI está explorando todas as opções para apoio financeiro adicional, inclusive no âmbito do Acordo Stand-By existente para um valor em aberto de US$ 2,2 bilhões.

"Para além da Ucrânia, as repercussões do conflito representam riscos econômicos significativos na região e em todo o mundo. Estamos avaliando as possíveis implicações, inclusive para o funcionamento do sistema financeiro, mercados de commodities e o impacto direto em países com vínculos econômicos com a região", avalia Georgieva. "Estamos prontos para apoiar nossos membros conforme necessário, em estreita coordenação com nossos parceiros internacionais", concluiu.