Economia

Holland: País pode reverter tendência de piora fiscal

O secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Márcio Holland, disse nesta sexta-feira, 7, que a agenda fiscal do Brasil, a despeito do aumento da dívida bruta e da redução dos superávits primários, tem uma capacidade muito grande para reverter a tendência de deterioração da política fiscal.

“Nesse aspecto discordo do professor (Yoshiaki) Nakano e do ex-ministro Delfim Netto”, disse Holland se referindo aos dois que proferiram palestra antes dele no Encontro de Política Fiscal 2014, que a FGV Projetos realizou hoje em São Paulo.

De acordo com o secretário, “nós temos uma estratégia de investimento em infraestrutura, que será o grande driver do crescimento nos próximos anos”.