Economia

Planejamento prevê queda de 1,9% no PIB e IPCA de 6,47% em 2016

O governo atualizou as projeções oficiais para indicadores da economia no próximo ano e passou a prever uma retração do Produto Interno Bruto (PIB) de 1,9% em 2016, ante queda de 1% de estimativa anterior.

Os novos números foram divulgados pelo Ministério do Planejamento e foram enviados à Comissão Mista de Orçamento (CMO) para atualizar os parâmetros utilizados no projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2016.

A previsão para a variação acumulada do IPCA é de 6,47% no ano que vem. Na última projeção, também feita à CMO, a expectativa para a inflação oficial era de 5,94%. Para o INPC, a projeção de alta 5,52% e, para o IGPI, de 6%.

A estimativa é que a Selic alcance 123,99% a.a e a TJLP média seja de 7% a.a., mesmo patamar atual.

O Planejamento também projetou a taxa de câmbio média de R$ 4,09 em 2016 e de R$ 3,35 neste ano.

O governo projetou ainda uma queda na produção da indústria de transformação de 2,7% no ano que vem. Para a massa salarial, a previsão é de queda real de 4,55%. O preço médio do petróleo foi estimado em US$ 52,16 por barril.

Comentar

Clique aqui para comentar