Polícia

Suspeitos de assaltos em Araçatuba são presos pela Polícia Federal em Guarulhos

São Paulo/SP – Nesta quinta-feira (14/10), a Polícia Federal deu cumprimento a 24 mandados de busca e apreensão e 8 mandados de prisão temporária, todos decorrentes da investigação do roubo às agências bancárias da CEF e BB, ocorrido na madrugada do dia 30/8/2021, na cidade de Araçatuba/SP.

Sete suspeitos de participar do mega assalto a bancos ocorrido em Araçatuba no final de agosto foram presos em Guarulhos nesta quinta-feira por agentes da Polícia Federal. Um oitavo suspeito ainda está sendo procurado.  

A Polícia Federal cumpriu no mesmo dia 24 mandados de busca e apreensão no estado de São Paulo, nas cidades de São Paulo, Campinas, Águas de Santa Bárbara, Mairiporã, Osasco, Cotia,  Itapecerica da Serra e Itapevi, além de Guarulhos. 

A ação envolveu mais de 100 policiais federais e contou com o apoio da Polícia Militar de São Paulo e do Batalhão de Ações Especiais da Polícia Militar (Baep) de Campinas. 

Segundo a Polícia Federal, 15 pessoas envolvidas no crime já foram presas e 51 mandados de buscas e apreensões já foram cumpridos desde o assalto. “A Polícia Federal segue empenhada na identificação completa da organização criminosa e seguindo todas as linhas de investigação possíveis”, diz o órgão, em nota. 

Na madrugada do dia 30 de agosto, um grupo atacou com explosivos duas agências bancárias – uma do Banco do Brasil e outra da Caixa Econômica Federal – em Araçatuba, no interior paulista. Os ladrões também espalharam explosivos por diversos pontos da cidade. 

Na fuga, houve troca de tiros com a polícia e reféns foram usados como escudo, colocados sobre o capô dos carros da quadrilha. Na ação, três pessoas morreram e pelo menos outras três ficaram feridas.