Polícia

“Trabalhamos honestamente e somos roubados”, diz gerente após assalto que zerou caixa de açougue no Alvorada

“A gente fica sem palavras, a violência está demais. Trabalhamos honestamente e somos roubados. É a nossa realidade”. A decepção estampa a frase de Danilo Ribeiro, gerente do açougue que sofreu um assalto na noite desta terça-feira, 21/9.

Na ação – que durou 1 minuto – e foi registrada pelas câmeras de segurança, um dos homens se aproxima do caixa e pede todo o dinheiro da atendente – inclusive as moedas – enquanto o comparsa, armado, aborda e ameaça clientes do estabelecimento.

“É constrangedor. A gente se sente inseguro. Venho me esforçando pra manter o quadro de funcionários, pra não mandar ninguém embora. Infelizmente sofremos esses atos”, acrescenta Ribeiro.

Embora o açougue tenha sido assaltado pela primeira vez, em outras duas ocasiões bandidos arrombaram a porta do estabelecimento e furtaram parte da mercadoria em estoque. Desta vez, além dos R$ 300 no caixa, os criminosos levaram o celular de um cliente. “Uma das funcionárias ficou bem abatida. A violência está demais e só quem passa por isso sabe o que é”, explica.

Danilo conta que por pouco não reagiu ao assalto, ação que não é indicada pelas autoridades. “No primeiro momento eu pensei em agir, mas pensei na minha filha e esfriei, disse para entregar tudo”, conclui o gerente.

Vídeo mostra ação dos criminosos:

Comentar

Clique aqui para comentar