Saúde

Atacada, academia de Arujá nega relação com veterinária que tomou três doses de vacina em Guarulhos

Uma academia de Arujá precisou ir às redes sociais para negar qualquer envolvimento com a veterinária que tomou três doses da vacina em Guarulhos. Intitulado com o sobrenome da mulher, o estabelecimento foi relacionado ao caso e acabou sendo vítima de insultos nas redes sociais. Internautas garantem que o estabelecimento seria de uma das filhas da veterinária, que – no Facebook – se apresenta como moradora de um condomínio de classe média alta de Arujá.

Localizada em Arujá – cidade em que a mulher mora – e com o nome fantasia idêntico ao sobrenome de Jussara, a academia acabou relacionada ao fato. “Não obstante a semelhança de nomes, a academia não tem ligação administrativa, societária ou jurídica com a senhora Jussara. Lamentamos o caso”, escreveu a academia Sonner, pedindo compreensão aos internautas.

Um internauta rebate: “Vocês mentiram aqui, Jussara é mãe da proprietária da academia. E se não tivesse ligação com ela não precisariam ter mentido no outro post”, relatou.

Nesta quinta-feira, 1º7, o GuarulhosWeb revelou o caso de uma veterinária que havia tomado duas doses da Coronavac, chamada por ela de ‘vachina’ e, mesmo após a imunização, a mulher procurou a UBS Uirapuru para receber a dose única da Janssen. Nas redes sociais, ela comemorou o fato e culminou em uma grande repercussão. O prefeito Guti já afirmou que representará contra Jussara no Ministério Público.

1 Comentário

Clique aqui para comentar

Posso ajudar?