Início » Câmara economiza R$22 milhões apesar de supressão orçamentária
Política

Câmara economiza R$22 milhões apesar de supressão orçamentária

A Câmara Municipal realizou a audiência pública da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2022, nesta quarta-feira, 9 de junho. A diretora de Assuntos Financeiros, Priscila Naomi Kinjo, realizou as apresentações e explicou que o orçamento do Legislativo é definido de acordo com a Constituição Federal, que estabelece o total das despesas e os subsídios dos vereadores. O orçamento em relação ao Executivo é fixado em 4,5% da arrecadação do município.

Para 2022, está previsto um orçamento de aproximadamente R$135 milhões e a previsão de gastos com a folha de pagamento é de 58,78%. No ano anterior, o orçamento do Legislativo estava estimado em R$132.873.151,17, mas houve uma supressão orçamentária de R$3,4 milhões. Por outro lado, apesar do déficit, a Câmara conseguiu economizar R$22 milhões. Com a redução, o orçamento caiu para R$129 milhões e as despesas com a folha de pagamento representaram 56% dos gastos da Câmara.

Na composição dos gastos executados em 2020 estão: 13,88% com encargos e benefícios; 2,05% com exonerações; 7,07% com serviços de terceiros; 2,24% com obras da sede própria; 1,13% com equipamentos e materiais permanentes; 0,39% com material de consumo; 0,07% com demais despesas; e 0,19% com pensionistas. Neste ano, o orçamento é de R$120 milhões e a estimativa de despesa com folha de pagamento é de 64,79%. A economia orçamentária prevista para 2021 é de aproximadamente R$9 milhões.

1 Comentário

Clique aqui para comentar