Cidades

Marina se despediu do pai 8 dias antes de morrer: ‘Um dia nos encontraremos para festejar’

“Feliz aniversário, pai. Um dia nos encontraremos para festejar”. A publicação de Marina Gomes Vieira em alusão ao pai, no último dia 13, antecedeu em oito dias à morte da mulher, que passou mal durante uma balada no Maia, no último sábado, 21/8, e não resistiu.

O pai de Marina faria 62 anos na data e foi homenageado por uma tatuagem no braço da jovem, que publicou o vídeo com a imagem de ternura. “Hoje não vai ter bolo, nem abraço, nem o perfume favorito”, completou.

Segundo o jornal O Globo, Marina começou a se sentir mal pouco antes das 18h, depois de tomar uma cerveja e de uma rodada de tequila, no estabelecimento Armazém Maya. Segundo informações, ela teve uma convulsão e uma parada cardíaca. O Samu foi acionado e ela teria saído com vida do local. Contudo, ela não sobreviveu.

O perfil de Marina, que tinha 31 anos, não está mais disponível no Facebook. A mulher era casada, tinha dois filhos e morava na Capital.

1 Comentário

Clique aqui para comentar