Cidades

Prefeitura cria projeto de educação ambiental voltado à APA Cabuçu-Tanque Grande

O Conselho Gestor da Área de Proteção Ambiental (APA) Cabuçu-Tanque Grande, presidido pelo secretário municipal de Meio Ambiente, Abdo Mazloum, promoveu nesta terça-feira (17) reunião na sede da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Guarulhos (Asseag), no Parque Renato Maia, para definir as características do projeto de educação ambiental voltado à unidade de conservação.

Na oportunidade ficou resolvido que a primeira etapa do projeto será a divulgação para a população, principalmente para as pessoas que vivem na região, de informações sobre o que é uma APA e qual sua importância para o meio ambiente e para a qualidade de vida na cidade por meio de palestras e de ações de conservação ambiental.
Na sequência o projeto prevê ações de recomposição florestal, ecoturismo, visitas técnicas monitoradas e eventos ecológicos. A iniciativa atende à exigência do Plano de Manejo, documento técnico que estabelece o zoneamento e as normas de uso da APA Cabuçu-Tanque Grande. Já foi aprovada junto ao Conselho Gestor da APA a sinalização da área por meio de placas indicativas e de totens para divulgação e delimitação da unidade de conservação.

A execução do Projeto de Educação Ambiental APA Cabuçu-Tanque Grande será submetida à aprovação do Fundambiental – Comdema.

Conselho

O Conselho Gestor da Área de Proteção Ambiental (APA) Cabuçu-Tanque Grande é formado por representantes do poder público, das ONGs Chico Mendes e Ação e Vida, da Associação de Moradores do Tanque Grande, da Universidade de Guarulhos, da Associação de Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Guarulhos e das empresas privadas Higie Top e Veólia.